Marketing de Conteúdo Marketing Digital Notícias

Sites adaptados para celular passam a ser favorecidos pelo Google

23/04/2015
dreamstime_xl_26850602-1

Ter um site na internet hoje em dia é a coisa mais fácil que existe, mas ter um site que funcione também nos smartphones exige que você atenda à alguns requisitos. Se você não adaptar o seu site ao formato das telas dos celulares, o Google pode esconder o seu site quando ele for pesquisado

Mexer no tablet em casa pela manhã, ir para o trabalho lendo as notícias no celular e abrir os mesmos sites no desktop da empresa faz parte da sua rotina? Parabéns! Você é um usuário multiconectado! Isso só é possível devido ao conteúdo multiplataforma, que é o mesmo conteúdo adaptado à diferentes plataformas.

No site que acessamos pelo desktop/notebook visualizamos uma informação mais completa, que pode ser semelhante a mesma que temos nos tablets, porém isso não é regra. Nos smartphones as coisas mudam completamente: geralmente quando estamos mexendo no celular para acessar sites de notícias, por exemplo, estamos na rua ou dispomos de pouco tempo, portanto as informações são mais reduzidas e não tão grandes como os sites que vemos nos desktops.

Esse tipo de comunicação que se encaixa em diversos formatos chama-se “site responsivo” e é tão importante nos dias de hoje que até o Google vai cobrar isso dos sites. Desde o dia 21 de abril, o Google passou a considerar se um site é amigável para dispositivos móveis como um dos critérios para escondê-lo ou ranqueá-lo entre os primeiros resultados da pesquisa.

Essa mudança afetará diversos sites, a maioria de pequenas empresas que ainda não adaptaram seus sites ao novo formato. Como o consumidor mudou seus hábitos, a internet precisa acompanhar esse novo ritmo e começar a fazer seus sites a partir dessa relação do cliente através do smartphone, e não o contrário onde é feito primeiro a versão desktop.

O maior problema acontecerá quando as empresas começarem a perceber uma queda drástica na quantidade de visitantes dos seus sites. Para correr contra o tempo, os donos do site precisam planejar essa ação de maneira correta, pois existem diversos fatores que são levados em conta na hora de criar um site responsivo.

Um site responsivo não deve ser feito apenas moldando o site à tela do celular, pois isso faz com que as fotos e conteúdos fiquem achatados, o que gera frustração e dificulta a compreensão do internauta. O layout pode ser o mesmo, mas deve ser levado em conta as regras da versão mobile e é isso o que o Google está colocando como regra.

Outros fatores importantes dos sites responsivos que tornam seu site relevante no Google dizem respeito ao tamanho dos textos, a facilidade de aceso a links e cliques e a performance de conexão do site; se ela é leve o suficiente para carregar considerando as velocidades da internet móvel, menores que as do acesso fixo.

A mágica do Google acontece quando o conteúdo é relevante para o usuário, isso não vai mudar, no entanto a experiência do usuário nos dias de hoje é tão importante quanto o conteúdo. Não basta ter um bom conteúdo se as pessoas não conseguem ver seu site. É por isso que a Agência RS está sempre à frente no mercado de marketing digital e já oferece este recurso para seus clientes. Sites como o do Açaí Frooty, Vecchio e do Beach Hotel já utilizam este recurso, além do nosso próprio site.

Acesse estes links acima e aproveite a experiência de uma boa navegabilidade e usabilidade em sites adaptados a tela do seu smartphone. Precisa criar um site para sua empresa ou adaptar o site já existente ao formato responsivo antes de ter sua página negativada pelo Google? Fale conosco!

Qwant, o novo site de busca!
Otimização de sites: nós temos a receita

Comentários

comments

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

Close
Please support the site
By clicking any of these buttons you help our site to get better