Notícias

Onde está a ética das empresas que usa testes do Facebook para conseguirem informações pessoais?

26/03/2018
Privacidade no Facebook

O Facebook, tido como a maior rede social do mundo, é pilar de um escândalo internacional. Ontem espalhou-se a notícia sobre vazamento de dados do Facebook. Acredita-se que a rede social forneceu informações pessoais aos seus desenvolvedores e agora, devido a isso, muitas pessoas estão repensando seus comportamentos no Facebook.

Os dados que foram pegos correspondem às curtidas, comentários e compartilhamento de fotos, ou seja, quaisquer ações feitas pelos usuários da rede social.

Você viu como isso aconteceu? Sabe esses testes que vira e mexe aparecem no Facebook para brincarmos? Então, através de um teste de personalidade a empresa Cambridge Analytica, em 2014, conseguiu adquirir informações de 50 milhões de usuários. Após praticamente 4 anos, a empresa manteve em sigilo essa questão e somente veio à tona porque o ex funcionário da Cambridge Analytica, Christopher Wylie, resolveu contar essa história. Inclusive, segundo ele, os dados que a empresa angariou foram utilizados na campanha para eleger o atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Com esses dados em mãos, a campanha de Donald Trump na internet passou a decolar e a ser extremamente certeira, fazendo praticamente uma espécie de guerrilha nas redes sociais. O ponto chave que está deixando muita gente indignada e desconfiada a respeito do Facebook está exatamente aí: na maneira na qual esses dados foram adquiridos e como eles foram utilizados! Dizemos isso porque todos os usuários que realizaram o teste de personalidade criado pela Cambridge Analytica não sabiam que estavam compartilhando informações pessoas! Isso é totalmente antiético!

E no final das contas, tudo foi apresentado como se fosse uma espécie de estudo acadêmico. Zuckerberg já se posicionou sobre o assunto e informou que logo no ano de 2014 o Facebook entrou em contato com a equipe da Cambridge Analytica e solicitou que todos os dados fossem apagados, no entanto aparentemente isso não foi feito.

O pior é que após tudo isso vir à tona, além de as ações do Facebook já terem caído cerca de 10% as pessoas estão ficando descrentes com a rede e bastante desconfiadas da maneira na qual as empresas trabalham as informações básicas que o Facebook fornece às empresas… O que nós da RS temos a dizer é que a ética norteia cada uma de nossas ações e que jamais seremos coniventes a isso!

A RS entende a fronteira entre o privado e o público e mais, ficamos contentes e aliviados por saber que inúmeras empresas já estão repensando a maneira de utilizar dados advindos das redes sociais.

Você certamente acompanhou essa notícia na TV e nos portais do mundo, não é mesmo? Conte sua opinião pra gente! Onde está a ética das empresas que usa testes do Facebook para conseguirem informações pessoais?

Aproveite para entrar em contato com a equipe RS através do nosso site!

De acordo com pesquisa, mais de 70% dos brasileiros baixam games nos smartphones
Tudo o que você precisa saber sobre call-to-action

Comentários

comments

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

Close
Please support the site
By clicking any of these buttons you help our site to get better